Just Achieve It! XBOX 260 Achievement Generator Unidade 203 Av. 203 Nº 96 - Cidade Operária - São Luís-Ma Fones: 98-32475426 - 87163704
Visitantes Online no mundo

SUPLEMENTOS DURANTE O TREINO

Muitas pessoas consideram inútil a suplementação alimentar durante os treinos, mas se você levar em consideração o fato de que quando estamos treinando 80% do sangue do nosso corpo é direcionado para os músculos que estão sendo trabalhados, porque não mandar nutrientes essenciais e substâncias que vão desencadear processos-chave na hipertrofia muscular junto com a corrente sanguínea?


Parou pra pensar, né? 


Mas por outro lado, suplementação durante o treino serve pra todo mundo? Eu diria que não. Pra mim, de acordo com tudo que li até aqui para escrever este post, a suplementação durante o treino serve apenas para atletas (de qualquer categoria), ou seja: pessoas que se exercitam acima da média das pessoas normais, como eu e você.


Qualquer suplemento serve?


Não. Para cada atividade, um tipo de suplementação durante o treino. 


Existe uma corrente que diz que durante o treino de força não se deve tomar malto e dextrose, porque durante esforços intensos ocorre um fenômeno chamado de tampão no fígado que impede a metabolização dos nutrientes. Já em exercícios de endurance eles são bons para repor os estoques de glicogênio e prolongar os níveis de energia, uma vez que dextrose vai direto para a corrente sanguínea.


Em tempo: malto (maltodextrina) e dextrose são carboidratos que funcionam como repositores de energia. A diferença entre eles está no tipo de carboidratos que são.


Entretanto, existe divergências e muita discussão a respeito disso, e muitos concordam que se deve tomar mato e dextrose somente após o treino.


Quando tomar suplemento durante o treino


A suplementação para ter mais energia durante o treino é válida para aqueles treinos longos e extenuantes, com mais de 01 hora de duração, porque o organismo sozinho não consegue prover a energia necessária, e pode-se ter fatiga, caimbras e diminuição da intensidade do exercício. Portanto, neném, serve apenas para atletas.


Entretanto, mesmo os atletas precisam observar os limites de carboidratos consumidos, porque o organismo tem uma "cota" para metabolizar. Se consumir a mais, não vai ter diferença alguma, pelo contrário, pode causar desconforto gastrointestinal. Pesquisas apontam que para a melhora da performance 30 a 60g de carboidrato sejam ingeridos por hora de atividade.


Quais suplementos consumir durante o treino


Carboidratos, para ter mais energia. Os mais utilizados são glicose, sacarose, maltodextrina e outros amidos de alto índice glicêmico.


Recomenda-se que a suplementação de carboidratos seja feita de tempos em tempos, em intervalos de 10 a 30 minutos, de forma a gerar um fluxo contínuo de carboidratos do intestino para a circulação sangüínea.


E o que eu, pobre mortal, posso fazer durante o treino?


Você deve seguir a velha escola, que diz que deve-se tomar bastante água durante o treino.


Nos treinos mais intensos, isotônicos para repor os líquidos e sais minerais do organismo e evitar a fadiga.

Nenhum comentário:

Postar um comentário